terça-feira, 16 de abril de 2013

O que é ORGASMO?


O que é ORGASMO?

Orgasmo - do grego orgasmós, de orgân, que significa ferver de ardor - é definido como o mais alto grau de excitação sexual e, portanto, o prazer físico mais intenso que um ser humano pode experimentar. Ele provoca algumas reações como aumento dos batimentos cardíacos e da pressão arterial, pupilas dilatadas e, na mulher, os músculos do aparelho genital contraem-se ritmicamente.



Quais os tipos?

Segundo pesquisadores existem três tipos de orgasmo: clitoridiano, vaginal e múltiplo.



O primeiro acontece quando o clitóris é estimulado. Trata-se de um órgão sexual externo, embora esteja localizado no interior da vulva (com formato de um Y) possui mais ou menos 10 centímetros de comprimento, mas apenas a sua ponta fica exposta). O clitóris é feito de tecido erétil que incha e se enche de sangue, tornando-se rígido quando excitado através do toque.


O vaginal ocorre quando o ponto G (leia definição abaixo) é estimulado pelo pênis ou manualmente. A teoria é de que esse orgasmo é bem mais intenso que o clitoridiano. Nesse tipo, a mulher pode ter uma ejaculação. O fluido expelido é semelhante ao sêmem.

Já os múltiplos correspondem à sucessão rápida de orgasmos, sem intervalos de repouso.

Os orgasmos podem ocorrer no aparelho genital externo (clitóris, nos lábios e na entrada da vagina), dentro da vagina, no ponto G e, não muito freqüente, em várias partes do corpo. Os orgasmos múltiplos podem acontecer tanto na área externa quanto interna da vagina. A mulher pode alcançar até sete orgasmos seguidos.

Qual a função do ORGASMO?

Revitalizar e equilibrar os sistemas orgânicos, psíquicos, emocionais, afetivos e mentais.
Quanto tempo dura?
Os orgasmos variam de mulher para mulher, bem como a sua duração. Eles podem se resumir a apenas alguns segundos ou chegar até a um minuto.
Toda mulher é capaz de ter ORGASMO?
Sim, desde que não estejam sofrendo de alguma doença neurológica, endocrinológica ou ginecológica, que tenham destruído a base física do orgasmo. É fundamental não ter pressa. O casal tem que estar livre para o sexo, deixando as preocupações de lado. É importante também que o parceiro queira trocar sensações, emoções e muito prazer.
Assim, a garantia será de momentos únicos e inesquecíveis para ambos.
É importante ressaltar que muitas mulheres podem não sentir orgasmo devido a fatores psicológicos desencadeados por uma falta de Higiene Mental Familiar adequada ou até mesmo traumas. Nesses casos a hipnoterapia é aconselhada.
O que é ponto G?
Trata-se da área na parede superior interna da vagina, sensível á pressão profunda. Em algumas mulheres, incha e leva a um orgasmo intenso quando estimulado. Há 40 anos, o ginecologista alemão Ernst Gräfenberg foi quem primeiro descreveu este ponto. Quando a região é estimulada, as mulheres geralmente experimentam uma sensação semelhante a uma necessidade urgente de urinar. Do tamanho de um grão de feijão, pode chegar ao tamanho de uma moeda de 50 centavos. Fica situado a cinco centímetros da entrada da vagina.
O que é músculo PC?
O nome completo é músculo pubococcígeo. Trata-se de um grupo de músculos que forma a base da pélvis e sustenta os órgãos genitais. Ele começa no osso púbico, faz um anel em volta da vagina, a cerca de dois centímetros e meio da entrada, e se une na base da coluna. Durante o orgasmo, o músculo se contrai involuntariamente por alguns segundos. Ter uma musculatura PC forte ajuda a alcançar o orgasmo e a ejaculação. Tanto mulheres como homens podem fortalecê-lo durante o sexo, praticando exercícios de Kegel:
- Primeiro localize os músculos ao redor da vagina (aqueles que você usa quando tenta parar o fluxo da urina).
- Contraia e relaxe esses músculos, seguidamente (talvez ajude se você inserir o dedo na vagina e, depois, comprimir suas paredes).
- Gradualmente, aumente o número de repetições e a duração de cada contração. Você pode fazer este exercício a qualquer momento: numa fila de banco, durante o banho, conversando ao telefone. Após seis semanas de prática, começará a sentir uma diferença na qualidade da relação sexual. E uma dica a mais: ensine ao seu parceiro o mesmo exercício. Ele obterá maior controle sobre a ejaculação.

O que é ejaculação feminina?
É m líquido parecido com leite desnatado aguado. Tem um odor levemente adocicado ou é inodoro. Possui consistência rala e pode ser mais abundante do que o líquido ejaculado pelo homem (a quantidade varia de cinco a 200 ml). Geralmente é expelido quando a mulher tem orgasmos múltiplos com a estimulação do ponto G. A ejaculação feminina sai da uretra e é produzida nas glândulas de Skene. Acontece durante ou logo depois do orgasmo. Na ejaculação, a mulher tem uma sensação de plenitude. Os gregos da
Antigüidade acreditavam que esse fluido contribuía para a concepção.
Toda mulher pode ejacular durante o ORGASMO?
Isso é possível desde que as mulheres saibam como fazê-lo. Em geral, as que ejaculam têm músculos PC fortes. Quanto mais a mulher estimular seus órgãos genitais, mais fortalecidos ficarão seus músculos.
O orgasmo obtido com a masturbação é melhor do que com o parceiro?
Com a masturbação, a mulher sabe qual a área mais sensível, os movimentos e a pressão certos. Por isso, oferece um prazer muito grande e permite que a mulher alcance até cinco orgasmos. Mas o sexo flui muito melhor se o parceiro tiver sensibilidade e disposição para conhecer o corpo da mulher, garantindo prazer em dobro.
O que é frigidez?
Acntece quando a mulher sente pouco ou nenhum interesse por sexo. Pode até atingir o orgasmo, mas o contato físico lhe é desagradável - ela quer que termine logo. A maioria dessas mulheres considera angustiante a experiência sexual. A ausência total ou parcial do orgasmo denomina-se anorgasmia e é a mais freqüente das disfunções sexuais femininas. A maioria das causas é psicológica e é importante fazer uma avaliação com um especialista.

Quais fatores podem levar a mulher a não ter ORGASMO?

Fatores fisiológicos e psicológicos podem dificultar ou impedir o orgasmo. Vaginismo (contrações dolorosas involuntárias dos músculos vaginais), desequilíbrio hormonal, distúrbios do sistema nervoso, inflamações ou lesões genitais, uso excessivo de drogas e/ou álcool estão entre algumas causas. Além disso, problemas de origem emocional como ressentimentos, conflitos conjugais, medo, falta de atração sexual e/ou afetiva, timidez, culpa, medo da gravidez, preocupação em atingir o orgasmo, ausência de sentimento ou de amor também atrapalham a conquista do orgasmo. Como foi comentado acima, a hipnoterapia é aconselhada quando a falta de orgasmo está relacionado a fatores psicológicos.

Qual a dica para se obter o ORGASMO?

Para alcançar o orgasmo, é preciso que a mulher conheça o próprio corpo e o que ele deseja. Acabar com a vergonha e falar com o parceiro sobre suas preferências também é fundamental. Só assim a relação será completa e trará benefícios para ambos.

DICAS PARA ATINGIR O ÁPICE DO PRAZER

Saiba como funciona o seu corpo. O que é a vulva, o clitóris, a vagina e, claro, o que acontece durante a relação sexual e como ocorre a excitação.

Toque seu corpo com privacidade e calma. Olhe-se no espelho e perceba os detalhes.

Conversando com o seu parceiro, explique como gosta de ser tocada, onde deseja que ele coloque a mão ou a beije,inclusive estimule o sexo oral.
Cuide da beleza, da saúde, do corpo.
Procure uma boa qualidade de vida.
É difícil pensar em alguém que possa ter prazer com uma série de problemas, como falta de amor próprio, respeito e carinho.
Isso já é uma parte do prazer.
Aprenda que o orgasmo não é o fim do prazer.
Nós é que vivemos presos à idéia de que toda relação sexual tem que culminar com o orgasmo.
É importante na própria relação e na afetividade ter o antes, o durante e, principalmente, o depois do orgasmo.
Mude a forma de encarar a sexualidade.
Muitas mulheres se dedicam demais ao papel de mãe e não demonstram a sensualidade.
Só se atinge o orgasmo na hora em que se perde o controle da situação.
A palavra-chave é "entrega".
Deixe-se levar pelo clima gostoso, pelo namoro.
É uma possibilidade em potencial que todos têm, seja homem ou mulher.


Fonte: www.institutohipnologia.com.br

4 comentários:

1manview disse...

Hmm, para sentir o tremor de um orgasmo não tem preço ... :)

paz e amor
1ManView

Anônimo disse...

Sou a Cristina, casada sem filhos 25 anos e somente consigo orgasmos intensos demorados e constantes qndo faço sexo anal.Acho q fiquei mesma viciada pois desde os 12 ou 13 anos q faço e adoro uma penetração anal bem profunda de preferencia comigo sentadinha em cima para ver o rosto do gato quando explode de prazer dentro de mim.0 marido é muito fraco de cama, faz pouquissimo comigo porisso faço fora de casa.

1manview disse...

Olá Cristina,
Eu sou PJ ....
Anal é a minha fantasia. Eu adoraria tentar anal. Mas minha esposa é bom em tudo outro, então eu só tenho a fantasiar sobre estourando dentro dela ...

Anônimo disse...

Já consegui levar minha esposa ao orgasmo, algumas mas muito poucas vezes para desgosto meu.Pois ela não estimula para que aconteça,ela só gosta e exige que eu a estimule porque sou homem,e homem segundo ela é que deve levar a mulher ao êxtase.
Apesar que eu penso que não só o homem deve estimular a mulher mas ambos o vedem fazer.
Ou será que estou errado?