segunda-feira, 29 de junho de 2009

teu gosto

(.....) encaixo-me perfeitamente entre as tuas pernas. Ouve-se o ranger das linhas que unem os pedaços da tua saia bem apertada, que te atrapalha enquanto caminhas... vermelha... cor de paixão.
Exuberância…
Os teus suspiros alimentam o meu desejo.
Subo por ti, sentindo na minha pele os poucos trajes que te compõem... sinto as meias coladas nas pernas que tremem descontroladas.... nervoso.... inquietação... vontade às portas do perigo.
Olho-te, puxo-te para mim, desejando ardentemente a tua boca na minha, beijo-te. Intensamente, sou retribuída. Enrolas-me em ti, sugas-me pela ponta da língua, chupando-a avidamente, abafas-me num consumo mutuo de tesão impróprio àquele local.
Adoro-te assim..... deliciosa quando respiras cada palpitação do meu ser.
Roço as minhas unhas, contornando as tuas coxas.... no momento sorrimos pelo êxtase momentâneo ... provocas-me.
Não há lingerie que te cubra. Agradas-me em cada gemido…
Acaricio-te delicadamente… a tua língua corre o meu pescoço e não resistes mordiscar-me a orelha, sabes o que me derrete…
Naquele momento qualquer pergunta deixara de ter sentido ou significado. O desejo era mais que muito e os corpos começavam a ceder ao instinto carnal…
Percorro-te com uma mão e todo o espaço livre por dentro daquela saia começaria a ser bastante reduzido.
Ousas em subir a saia que tanto nos atrapalha.... expões-te claramente para mim e entrega- se à luxúria. Aquele instante sabia estar em pecado, onde a gula subtraía a tentação e onde tu eras somente minha.
Tomei-te como posse.... mergulhei em ti, provando-te o sabor que tão bem conhecia.
As tuas mãos exploravam o meu cabelo e movimentavam-me de encontro ao teu belo prazer.
Gemes.... instintivamente, elevo a minha mão à tua boca na tentativa de calar o som emitido pela tua boca... lambes dedo por dedo.
Molhas toda a extensão de pele minuciosamente... excita-me cada vez que os engoles sorrindo com sacanice.
O teu ritmo aumenta.... a respiração ofegante quebra os silêncios daquele local…
Contorces o teu corpo para trás. Foges-me da boca e sigo-te com o olhar…
No espelho sente-se a umidade escorrer lentamente....ouve-se o queimar das velas…
A minha língua prende-se, novamente, a ti. O meu prazer reflete-se nos teus movimentos.... na tua perturbação.
As nossas mentes flutuam…
Eu suspiro, aspirando todos os fluidos que por ti se espalham.
Alguém caminha naquela direção… Ouve-se o ecoar de cada passo pausado…

lua de Hägar

3 comentários:

Seduction Games disse...

Ai que delicia...atrevido, ousado, perigo de ser pego - adrenalina! Uma loucura deliciosa mesmo, um verdadeiro orgasmo...Beijos.

1manview disse...

Muito erótica ...

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis generique
http://commandercialisfer.lo.gs/ vente cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ compra cialis in italia
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis precio