sábado, 11 de outubro de 2008

Pela porta de trás






Ainda lembro do seu cheiro naquele dia. Você não queria saber de brincadeiras. Não deu tempo para eu me aquecer, não me encheu de preliminares. Cheguei na sua casa cheia de idéias - estava de cinta-liga, usando o sapato de salto fino que você adora - e você as descartou todas, imediatamente. Não tive sequer tempo de expressá-las.
Você me segurou com força, enfiou uma mão por baixo da minha blusa, outra por baixo da saia. Seus dedos ásperos agarraram com força meu mamilo, e se enfiaram na minha boceta que já se abria, úmida, diante de tanto furor.
Sua barba estava áspera, e você a esfregou no meu pescoço, na minha nuca. Não me disse nada, não sussurrou sacanagens, apenas respirava com força, e aquele silêncio carregado de tesão e urgência foi me subindo pelo corpo, e me fazendo queimar com você.
O pau latejante já quase rasgava a calça enquanto roçava na minha bunda.
Você me empurrou para cima do sofá, e eu caí, apoiada no encosto, a bunda virada para você. Senti minha saia ser levantada, a calcinha empurrada para baixo, e então seu pau veio com força na boceta que, a esse ponto, já quase gritava seu nome de tanta vontade. Gemi, gozei, mas ainda não era isso que você queria.
Você tirou o pau de dentro de mim, e eu sabia que ele até brilhava, molhado do meu tesão. Então, arreganhou minha bunda, enfiou um dedo no meu cuzinho, e, quando percebeu que eu estava gostando, tirou o dedo e meteu logo tudo de uma vez.
Urrei. Nunca tinha feito assim, daquele jeito selvagem: eram sempre longos preparativos, cheios de língua e lubrificante e dedos cuidadosos. Mas não era isso que você queria, você não queria delicadezas e firulas, não queria rapapés. Queria me enrabar de uma vez, mostrar quem era o macho ali. E fodeu com força, enquanto eu continuava a gritar, até o gozo.
Senti meu cu se encher num jorro.



colaboração Marcia, marcia_tigreza@hotmail.com

2 comentários:

dreamer disse...

nossa andei demorando vir aqui, mas os posts estão ótemosssssssssss, rs muito instigantes... kisses ardentes

Nemogeleia disse...

Deve ter sido demolidor esse jorro...
bjs