sábado, 28 de junho de 2008

" Simbiose"














meu dorso arranhado pela tua barba propositadamente mal feita. veludo.
teus sinais na minha coluna vertebral, visceral, vigorosa.
teus pêlos faciais em sintonia com meus poros eriçados e assanhados. calafrio e aflição.
desejo de roubar eternamente pra mim o que é meu de fato, no ato... de quatro, eu; de joelhos, você;
e paira no tempo e no espaço, uma oração, um mantra repetido e repetido incessantemente até a nossa purificação. reza profana. pecado sagrado. oferenda aos teus pés, eu. tontura e vertigem. galgas em mim e eu danço qual índia, chamando a tua chuva. doce (de)leite. fartura. tuas mãos na minha anca, minhas pernas na tua pelve. sincronia, simbiose, sal e suor. sofreguidão e sede. veneno, vinho, vodka, valium. em declive, você; em aclive, eu, ladeira acima. íngreme desejo da pele. vontade anelante e ansiosa de escorrer por entre teu desejo e envolver teu membro. gozo e prazer brincando com nossas entranhas. aridez liquefeita no encontro das águas. nossas águas. bentas.


Elise

Um comentário:

Gulosos disse...

Simbiose...perfeita...imagens, texto, lindo!

Bjos Gulosos