quarta-feira, 25 de junho de 2008

Pour Elise







Conheci Elise por acaso e me encantei ( ...) Elise… Elise… A delicada sonoridade do nome já me enternecia. Me chegou como um presente, veio de longe, justo quando eu menos esperava. Esguia, vestida em preto, era só beleza e imponência com aquele cinturão prata. Falava baixinho, discreta… Creio que fazia isso com a intenção de provocar intimidade com a proximidade. E conseguia. Seu toque era suave e onde quer que encostasse, me provocava um delicioso arrepio. Era como se meu corpo conhecesse Elise. Foi assim quando se aproximou dos meus mamilos, que imediatamente enrijeceram ao seu toque. Ou quando desceu suave pela minha cintura, passeou em meu ventre e finalmente alojou-se entre minhas pernas. Fiquei molhada de excitação, o que facilitou ainda mais sua massagem erótica. Bom demais sentir seu toque. Quanto mais sentia, mais me sentia confortável para ousar, permitir suas carícias, aquela doce invasão consentida. A exploração de novos pontos eróticos em meu corpo, novos caminhos, novos prazeres. E quando, enfim, Elise me levou ao orgasmo, estremeci como ela. Retesei e relaxei com seu toque em mim. Um gozo delicioso, delituoso, com sabor de pecado… Meu primeiro gozo com Elise.



http://www.avidasecreta.com/

3 comentários:

Gulosos disse...

Humidificáste-nos....delicious...

Bjos Gulosos

Susurro_desconocido disse...

Delicioso sabor el del pecado, tienes un blog muy intenso y con unas imagenes maravillosas, encantada me voy

Un susurro caliente

Susurro_desconocido disse...

Delicioso sabor o do pecado, tens um blog muito intenso e com umas imagenes maravilhosas, encantada vou-me

Um susurro quente