quarta-feira, 14 de maio de 2008

Seu gosto...











Acordou com um beijo
Um beijo nos grandes lábios
nem se mexeu
Pernas entreabertas, calcinha afastada
beijada
língua quente e grossa
Olhos fechados
aquela sensação ficaria pra sempre
Completamente alucinada
Q chupasse a rachinha era o q + queria
Chupou muito Lambeu
Beijou mais um tanto.
Extasiada, imovel
Colocou a mão nos cabelos dele, como q pedindo: não pare
Se entregou, deixou rolar, era bom, língua atrevida
Exalam um cheiro gostoso
mistura suor, secreções, cheiro de homem d mulher
Agora de forma animal, quase q arrancando seus lábios
Ela, louca, vira, abriu o zíper da calça dele e
abocanhou o, quase explodindo,
Seus olhos reviravam, delicia
como ela lhe chupava
Passava a língua por todo ele
mordiscava a cabeça latejante
beijava a virilha, enfiava tudo na boca, até a garganta
e assim, repetiu várias vezes até que ouviu uma voz sofrida dizer:
"Vira, não aguento mais de vontade de comer você...".
Mas só ouviu:
Não, Vou t chupar, até você gozar
E assim foi
Num banho facial melado

Sentimental

2 comentários:

TINA disse...

rsrrs
vc é de tirar o folego!!
muito bom,uma verdadeira viagem
vc está de parabéns
cada vez mais vc me encanta....
bjussssss
sua eterna fã...
Bebel

VERTIGO disse...

Sentimental mandou bem!!!!

.vertigo.